Evite cair em ciladas e saiba o seus direitos na hora da compra

Há pouco tempo comprar produtos pela internet era sinônimo de risco iminente para o consumidor. Era o medo de que o cartão fosse clonado, que o produto nunca chegasse ou fosse de qualidade inferior ao anunciado, enfim, muitas dúvidas rondavam na hora da compra online.

Essa realidade mudou bastante nos últimos anos, a partir do aumento dos sistemas de segurança cibernética. Com isso, desde as grandes redes varejistas até startups, o investimento em sites de compras seguros tornou a internet um lugar menos arriscado para a compra.

O movimento também diversificou a gama de produtos oferecidos na rede. Hoje em dia, muitos serviços podem ser consumidos no ambiente online. Com o aumento significativo de ofertas, também aparecem outros problemas em potencial que merecem atenção. É o caso da dificuldade na troca ou devolução de produtos, bem como situações onde o consumidor é iludido por ofertas com manobras de preços em datas comemorativas.

Dessa forma, embora comprar pela internet seja algo muito mais seguro, ainda é preciso tomar algumas precauções.

Cuidado com ofertas inacreditáveis

Preços muito abaixo da média do mercado são motivo para séria desconfiança. Obviamente há exceções, como a Black Friday, mas via de regra descontos acima de 50% podem esconder armadilhas.

Isso porque os fornecedores não vendem produtos com preços tão baixos para não ficarem no prejuízo. Além de correr o risco de adquirir produtos danificados ou falsificados, você ainda fica exposto de outras maneiras.

Uma prática comum de golpistas da internet é usar ofertas bombásticas, obter o clique da vítima e conseguir dados bancários e pessoais de consumidores.

Confira todas as informações sobre o fornecedor do produto

É sempre muito importante checar em detalhes a empresa responsável pelo produto que você está adquirindo. Saber endereço, telefone e e-mail é bastante útil caso você precise fazer uma reclamação formal por insatisfação após a compra.

De maneira geral, observe se em seu site a empresa destaca seus canais de relacionamento. Caso os meios de contato estejam escondidos, é sinal de que o relacionamento com o consumidor não é bem aceito.

Importante também desconfiar de sites que ofereçam números de celular como a única forma de atendimento possível. Telefones móveis são difíceis de rastrear, e talvez o objetivo da pessoa que está do outro lado da tela seja este mesmo.

Certifique-se sobre os procedimentos de troca ou devolução de produtos

O consumidor online tem em suas mãos uma ferramenta importante: a chamada lei do arrependimento (artigo 49, CDC) . Segundo essa legislação, em compras realizadas por telefone ou pela internet, o consumidor tem até 7 dias úteis, a partir do recebimento do produto ou da assinatura do contrato, para fazer o cancelamento ou a devolução.

De qualquer forma, leia com atenção as condições que o site fornece para troca e devolução do produto. Em alguns casos, esse procedimento pode representar custos extras de postagem do produto até a sede da empresa, ou então demorar vários meses até que o produto satisfatório chegue até as mãos do cliente.

Veja e reveja com atenção as imagens e a descrição do produto

Comprar online tem muitas vantagens, mas a desvantagem óbvia é que você não pode tocar ou experimentar o produto. Por isso, a decisão de compra tem que se basear em imagens e na qualidade da descrição do item.

Ao comprar roupas, por exemplo, é importante saber os centímetros entre largura e comprimento da peça, já que as padronizações de tamanho não são lá tão padronizadas como deveriam. O mesmo vale para itens de maior valor, como um pacote de viagem. Certifique-se de todos os detalhes e pense em tudo de errado que pode acontecer. Assim, você sabe como agir caso algo não esteja nos conformes.

Por fim, sempre que tiver problemas mal resolvidos com a compra –sejam online ou físicas – procure orientação jurídica. Um profissional de confiança faz toda a diferença quando enfrentamos esse tipo de problema.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

Tendências Tecnológicas na Advocacia

Estamos na era da informação e no momento poucas revoluções foram tão impactantes na humanidade quanto esta. As novas tendências tecnológicas revolucionaram diversas áreas, e não seria diferente no ra

© 2020 por Advocacia Teixeira.

  • Facebook - Círculo Branco